A última vez que Ela tinha visto algo tão bonito fora antes de nascer. Ou pelo menos era isso que ela pensava. Não se lembrava de muita coisa de antes de nascer, e mesmo com todo mundo dizendo que o ante-nasce era algo para apagar da memória, algo feio e errado, algo herético, Ela ainda se agarrava àquela memória como se fosse a única coisa que a mantivesse viva.

Continue reading

Advertisements